terça-feira, 9 de abril de 2013

APEOC DE CHAVAL VAI À CÂMARA MUNICIPAL REINVINDICAR O PAGAMENTO DOS PROFESSORES REFERENTE À “DEZEMBRO DE 2012





 Na Reunião da Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Chaval, que aconteceu nesta segunda - feira (08/04), a Presidenta da APEOC. Professora Mocinha fez seu pronunciamento reivindicando o pagamento dos professores, ainda de dezembro de 2012, que ainda não foi pago.

A Presidente deixou claro em suas palavras, que várias reuniões já aconteceram na prefeitura, marcando datas para efetivarem esse débito e que infelizmente até hoje isto não aconteceu, falou dos problemas no orçamento dos professores causados pela falta deste pagamento.


FotoA Presidente afirmou que os professores não são culpados pelo fato de gestores anteriores deixarem o Município Inadimplente. E que eles, não estão pedindo favor a ninguém e sim exigindo um direito deles, pois qualquer pessoa que exerce qualquer atividade quer receber por ela, mais do que correto você não acha? Ainda em sua fala a, professora Mocinha, enfatizou dizendo que o que for preciso o Sindicato fazer para resolver este problema, o mesmo fará não importa o que seja.

Dando continuidade a reunião, a presidente pediu apoio aos vereadores que foram eleitos pelo povo para representar o povo, solicitando Moção de Apoio ao pagamento dos professores, referente ao mês de dezembro de 2012 e que seja enviado ao excelentíssimo prefeito e secretário de educação

Logo após o pronunciamento da Presidente todos os vereadores se pronunciaram dando o total apoio a este sindicato, para a solução deste problema. O representante do Prefeito na Câmara, George Elias, comentou que havia falado com o Prefeito antes da Sessão e o mesmo pediu que fosse repassada a informação que a Prefeitura foi passada para suas mãos com uma divida de R$ 2.165.000 e que dessa divida já foi pago a quantia de R$ 1.500.000, que está empenhado em pagar e garantiu que vai ser pago esse mês de dezembro, porém sua preocupação maior é não atrasar esses meses que fazem parte do seu mandato, George Elias também garantiu que vai procurar mais esclarecimentos sobre o assunto.

É do conhecimento de todos que o prefeito herdou esta herança cabe a Vossa Excelência tomar as medidas cabíveis, acionando a justiça para que a ex-gestora pague pelos erros que cometeu afinal de conta o dinheiro entrou nas contas do município, se foi mal administrado, não são os professores que têm que pagar o pato.


Nenhum comentário:

Postar um comentário