quarta-feira, 8 de junho de 2016

Greve Geral da Educação no Ceará continua!


IMG 20160608 1041518201300xOs profissionais da Rede Estadual de Educação rechaçaram a atitude do Governo de não oferecer reajuste geral aos servidores públicos e aprovaram a continuidade da greve. A decisão foi tomada durante mais uma assembleia da categoria, realizada na manhã desta quarta-feira (08) no Ginásio Paulo Sarasate, em Fortaleza. Mais de 1.400 servidores participaram do encontro.
O presidente do Sindicato APEOC, Anizio Melo, conduziu a Assembleia e afirmou que a mobilização continua no interior e na capital porque a categoria não aceita reajuste zero.

Assembleia Permanente

IMG 20160608 103949417 TOP1300xA partir desta quarta (08), a categoria estará em Assembleia permanente para encaminhar os outros pleitos e arrancar um reajuste diferenciado para os trabalhadores da Educação. Além disso, o Sindicato APEOC espera manter o canal de negociação com a Secretaria da Educação para avançar nas outras propostas, como a construção de novas regras para afastamento para Mestrado e Doutorado; a volta do programa Professor Coordenador de Área (PCA); a criação de um grupo de estudo para discutir uma nova forma de contratação de professores temporários e a garantia do envio à Assembleia do decreto do Governo que regulamenta a Descompressão na Carreira. Esses pontos foram discutidos na Mesa de Negociação com a Seduc na noite desta terça-feira (07). Veja a Ata da reunião AQUI.
As outras pautas relativas à infraestrutura das escolas; merenda escolar; melhoria das condições de trabalho e ensino e liberação dos processos funcionais em atraso permanecem na mesa de negociação. Após a luta da categoria, por meio do Sindicato APEOC, alguns itens já estão sendo atendidos.

Agenda de Mobilização:

09, 10, 11 e 13/06: Plenárias Regionais (Interior) e Reuniões dos Zonais (Fortaleza)
14/06: Ato Unificado contra Reajuste Zero na Assembleia Legislativa – Concentração na Praça da Imprensa às 8h
14/06: Assembleia Geral – à tarde – em local a ser definido

Greve Geral da Educação

A paralisação começou no dia 25 de abril e atinge todas as regiões do Ceará. Em mais de quarenta dias de paralisação, já foram realizados vários atos no interior e capital para mobilizar a categoria e sensibilizar a sociedade para a causa da Educação no Estado. Nesta terça-feira (08), o Sindicato APEOC promoveu uma manifestação em frente à Secretaria da Fazenda do Estado. O representante do Sindicato em Fortaleza, Mikaelton Carantino, foi recebido pelo secretário Mauro Filho e entregou ao gestor uma carta do Sindicato APEOC. No documento, a entidade alerta para os prejuízos que o ajuste fiscal provoca na vida dos servidores públicos e indica uma série de medidas econômicas para ampliar a arrecadação e combater a sonegação de impostos. Veja AQUI.
01ato 07.06.2016.300x 02ato 07.06.2016.300x

Nenhum comentário:

Postar um comentário