quinta-feira, 30 de abril de 2015

Governador anuncia reajuste de 13,01% para professores da Rede Estadual

Neste Dia Internacional da Educação, 28 de abril, o governador Camilo Santana homenageou os professores de todo o estado atendendo a uma antiga demanda da categoria: anunciou reajuste que iguala o salário dos profissionais no Ceará com o piso nacional da categoria. A proposta corrige o vencimento básico do magistério em 13,01% e beneficia 48.842 professores da rede estadual. O projeto de lei foi apresentado em coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira (28), no auditório do Palácio da Abolição, e será encaminhado no mês de maio para aprovação dos deputados estaduais na Assembleia Legislativa. De acordo com as negociações com a categoria, o valor será pago retroativo ao mês de janeiro de 2015.
"Ao longo das últimas semanas, nós viemos mantendo diálogo franco e aberto com os representantes da categoria, buscando construir as condições para que, mesmo neste ano de dificuldade fiscal, pudéssemos honrar o compromisso de assegurar o piso nacional dos professores. É uma conquista histórica, justamente reivindicada por esses profissionais, que dedicam a vida a cuidar da nossa juventude e construir um estado melhor", elogiou o governador.
O presidente da Associação dos Professores de Estabelecimentos Oficiais do Ceará (APEOC), Anízio Melo, parabenizou o Governo e afirmou que essa lei é uma conquista da categoria. “É muito importante poder apresentar, neste Dia Internacional da Educação, pontos de acordo que avançam. Quando falo que não daremos nenhum passo para trás é no sentido de garantir o que tem e ampliar nossas conquistas. Após uma série de negociação, o Governo está de parabéns por atender, principalmente, a aplicação da Lei do Piso e tantos outros benefícios”, afirmou Anízio, bastante animado com o projeto de lei.
O governador falou ainda do compromisso que tem com a categoria e da sua forma de administrar, além de informar que o Estado já ampliou o percentual dos recursos do Fundeb para a valorização dos professores. “Grande parte dos Estados do Nordeste não deram esse reajuste para categoria. Esse ato é uma demonstração de que nosso governo tem um compromisso muito forte com a Educação e com seus profissionais. O Ceará, ainda na gestão de Cid Gomes, se comprometeu em ampliar o percentual dos recursos do Fundeb para a valorização dos professores. Portanto, reitero que esse é o nosso caminho, de diálogo, e acrescento que queremos nos somar a todos que lutam pelo fortalecimento e pela valorização de um ensino de qualidade ao povo brasileiro e ao povo do Estado do Ceará”, disse.
Outros benefícios

O percentual total de 13,01% foi alcançado incluindo o reajuste de 6,45% da tabela já concedido pelo Governo do Estado aos professores no início deste ano. O governador aproveitou também para sancionar a lei que garante o auxílio-alimentação para mais de quatro mil professores temporários. Autorizou ainda a prorrogação do concurso público para o magistério estadual e a nomeação de 212 novos concursados, além a carga horária definitiva de toda a categoria para 40 horas semanais.
Fonte: APEOC de Camocim

Nenhum comentário:

Postar um comentário