quinta-feira, 5 de maio de 2016

Professores confirmam continuidade da greve em Assembleia Geral



2016.05.04. Assembleia geral.reg.01.300xOs profissionais da Rede Estadual de Ensino do Ceará se reuniram em Assembleia Geral da categoria nesta quarta-feira (04) no Ginásio Poliesportivo da Parangaba, em Fortaleza, e decidiram, por unanimidade, manter a greve por tempo indeterminado. A paralisação começou oficialmente no dia 25 de abril, após cumprimento dos prazos legais determinados pela Justiça.
.
2016.05.04. Assembleia geral.reg.08.300x
Nesta quarta-feira (04), a greve completa dez dias e os professores estão há 125 dias sem reajuste salarial (a data-base da categoria é 1º de janeiro). Além do aumento de 12,67%, os grevistas também reivindicam uma extensa pauta que contempla a melhoria das condições de ensino e trabalho na rede estadual, o aumento da verba para merenda escolar, realização de novos concursos públicos, ampliação da rede de atendimento do ISSEC, manutenção dos espaços pedagógicos nas unidades de ensino, liberação e pagamento dos processos de estabilidade, progressão horizontal, ascensão funcional e ampliação definitiva de carga horária, entre outras.

Agenda de Mobilização

Além de aprovar a continuidade da greve, os professores também aprovaram uma agenda de mobilização para os próximos dias:
Dia 05/05 (Quinta) – 7h30: Ato na Assembleia Legislativa – Professores vão acompanhar votação do Plano Estadual de Educação e pressionar deputados a garantir o respeito à democracia, à qualidade da educação e à autonomia dos professores e escolas no processo de ensino-aprendizagem.
Dia 11/05 (Quarta) – 8h: Ato no Centro Administrativo do Cambeba com manifestação em frente à Secretarias da Educação, Secretaria do Planejamento e Gestão e Tribunal de Justiça. O objetivo é pressionar o Executivo para apresentar uma proposta diferenciada aos profissionais da Educação e sensibilizar o Poder Judiciário a ficar do lado dos trabalhadores nesse processo de paralisação das atividades, garantindo a legalidade do movimento. Concentração: Seduc
Fonte: APEOC

Nenhum comentário:

Postar um comentário