quarta-feira, 18 de maio de 2016

Professores decidem em Assembleia pela continuidade da Greve Geral da Educação


20160518. Greve Geral 300xOs professores da Rede Estadual de Ensino do Ceará decidiram em assembleia, realizada nesta quarta-feira (18), manter a paralisação das atividades. O encontro foi no Ginásio Poliesportivo da Parangaba, em Fortaleza, e reuniu quase 1.700 servidores da Educação. A Greve Geral da Educação começou oficialmente no dia 25 de abril. O presidente do Sindicato APEOC, Anizio Melo, conduziu a assembleia e afirmou que a decisão da categoria é soberana. Ele incentivou a união dos professores para reforçar a mobilização no interior e capital.
A pauta da categoria é ampla e abrange uma série de reivindicações relacionadas às condições estruturais das escolas, à manutenção de espaços e programas pedagógicos, à liberação de processos funcionais e, principalmente, ao reajuste geral da categoria de 12,67%. Desde o início da greve, já foram realizadas três rodadas de negociação com o Governo do Estado. O Executivo sinalizou o atendimento de boa parte da pauta dos professores e estudantes mas não avançou na negociação do reajuste geral, que só deve ser anunciado no dia 06 de junho. A data-base dos servidores estaduais é 1° de janeiro.
2016.0516.Assembleia.geral.900x
A paralisação dos professores foi considerada ilegal pela Justiça e os efeitos da decisão do desembargador Durval Aires estão valendo desde a última segunda-feira (16), com cobrança de multa de R$ 3 mil/dia ao Sindicato APEOC e aplicação de falta aos professores. O Sindicato APEOC entrou com recurso para tentar cassar a liminar do magistrado no dia 12 de maio.

Agenda de Mobilização

  • 19/05 (Quinta) e 20/05 (Sexta): Mobilização nas escolas para garantir a inscrição dos estudantes no ENEM
  • 23/05 (Segunda): Grande Ato no Centro de Fortaleza – Concentração às 15h na Praça da Bandeira. Caminhada até à praça do Ferreira.
  • 25/05 (Quarta): Assembleia Geral da categoria para definir os rumos do movimento.
  • Fonte: APEOC

Nenhum comentário:

Postar um comentário